Fogaça marca presença no espaço MCD

No primeiro dia de Tattoo Week, stand da MCD conta com a presença do chefe de cozinha Henrique Fogaça, para uma sessão de autógrafos do livro "Um Chefe Hardcore".

por Gabriela Schwartz, 17/07/2017
follow

Além das tatuagens que rolaram durante todo o dia, o espaço MCD recebeu DJ Nuts e seus beats.

Durante o sábado, a MCD convidou a DJ Pathy Dejesus para comandar as pick ups. Encerrando a feira, uma apresentação do DJ Kl Jay às 14h e os Racionais MCs, que celebraram a collab em parceria com a marca, com apresentação no palco principal da feira.

Para saber mais sobre a MCD, acesse: @mcd_brasil

Sobre a MCD No final da década de 70, os surfistas sul-africanos Michael e Shaun Tomson criaram na Califórnia a marca Gotcha que, ao final dos anos 80, havia se expandido muito além do imaginado. Para não perder o público que queriam, seus mentores decidiram unir os riders mais hardcore do time para dar início a uma nova marca desenvolvida pela e para a elite do surf mundial. Em 1992 nascia a MCD – More Core Division com os pilares: rock, tattoo, surf, jogos de azar, arte e motor.

Em 1995, a MCD chegou ao Brasil, exatamente com o mesmo conceito criado na Califórnia: oferecer aos surfistas brasileiros um modo de viver cheio de atitude, personalidade, estilo e comportamento. Hoje a marca conta com linhas especiais em suas coleções como a More Core Division, a Surf in Black e a Core Ink (linha assinada por tatuadores). Em 2015 abriu sua primeira loja própria no Rio Grande do Sul e em 2016, no estado de São Paulo.

Core é autêntico antes de ser moda. É puro mas não limpo. Uma visão, não uma tendência. Core são valores, não princípios. Mitos, não lendas. Core é o instinto acima do racional. O original na frente do novo. É um modo de viver, não um estilo de vida. Core é preto antes do branco. Core é cru! Core é atitude!

almasurfalmasurfalmasurf