Natiruts apresenta Índigo Cristal

Sétimo disco de estúdio da banda será lançado nesta sexta-feira (4 de agosto). Na mesma data, a banda inicia uma grande turnê pela América Latina.

por Nathalia Birkholz, 03/08/2017
follow

Gravado e produzido no Cerrado - o habitat natural do Natiruts - o disco Índigo Cristal é a síntese da retórica atual da banda brasiliense. Suas 11 faixas inéditas reforçam que o amor e a compaixão são pilares fundamentais para o bem estar social, e explanam o poder da positividade para seguir em frente em meio ao caos.

“O que o Natiruts entrega de melhor para o público são músicas que elevam o astral, que mudam a energia, que trazem positividade corporal e mental. Pelo menos esse é o feedback que a gente mais recebe dos fãs”, observa Alexandre Carlo. “A gente vê um Brasil muito dividido e acho que a contribuição maior que o Natiruts pode dar é justamente exaltar a busca pela esperança, pela força familiar e pelo amor ao próximo. A gente acha que isso é de uma relevância muito grande nos dias atuais e ajuda muito no processo que o país vem passando agora”, completa o vocalista e compositor.

Este aguardado álbum - cuja capa conta com ninguém menos que a modelo Mahany Pery - será lançado no dia 4 de agosto, em parceria com a gravadora Sony Music. Produzido pelo próprio Alexandre Carlo, Índigo Cristal mantém o DNA dos meninos que tocam reggae e MPB desde 1996, mas vem com boas novidades.

O primeiro single, “Sol do Meu Amanhecer”, contém a ideia de sempre do Natiruts: usar o reggae como ferramenta musical e cultural, mesclando-o com outras influências. Neste caso a bossa nova entra em cena promovendo a união Brasil-Jamaica de forma direta. A música conta com arranjo de cordas e regência do maestro Joaquim França. O single, lançado em junho em forma de videoclipe, já conta com quase 4 milhões de visualizações no Youtube da banda. 

Antes dessa, a playlist de Índigo Cristal abre com “Na Positiva” e “Caminhando eu Vou”, faixas onde o reggae roots ganha sotaque jazzístico, graças aos solos dos sopros.

A melodia indiana aparece junto com as batidas de “Dois Planetas”, a faixa cósmica sobre a “classe natural vibrante / energia feminina tamanho gigante”. O baile black se instaura em “Eu Quero Demais”, cheia de groove, com a participação de Ed Motta. E “Que Bom Você de Volta” aparece como música popular brasileira da melhor qualidade, com lindos arranjos de violão.

O manifesto político do Natiruts em forma de música está na oitava faixa, “A Justiça Falha”, de alma reggae-soul. “A notícia mente, o sistema mata, o político engana e a justiça falha, e ainda querem falar de Deus?”, provoca a banda.

Em seguida tem “Desculpe Doutor”, que é roots e é uma ode à nossa ancestralidade. Uma homenagem à Bahia, a cidade mais negra do Brasil, o berço da civilização brasileira (como conhecemos atualmente) e onde o continente Africano se faz presente a cada esquina.

O disco encerra com a faixa título, “Índigo Cristal”: o sonho de uma terra linda e sã, esperança de um novo amanhã, alegria de viver e fé para quem pensava em desistir, são frases que permeiam os lençóis desse reggae.

Porque o índigo atua na introspecção e na maturidade e é o cristal que pode ajudar a encontrar o caminho para um plano mais alto de consciência.

Site oficial: www.natiruts.com

Nas estradas da América Latina A nova turnê do Natiruts começa fora do Brasil. Na mesma data em que o disco Índigo Cristal chega aos ouvidos do mundo, o Natiruts dá início a uma turnê pela América Latina.

“Interessante que, aqui no Brasil, somos vistos como banda de reggae. Fora do país, somos vistos como uma banda essencialmente de música brasileira, com sonoridade reggae. Até porque a gente não faz o reggae jamaicano, não é a proposta da banda. E quando a gente acaba fazendo do jeito brasileiro de ser, somos vistos nesses países como música popular brasileira”, aponta Alexandre Carlo.

Tour

04 de agosto - Santiago, Chile
05 de agosto - Santiago, Chile
10 de agosto - Montevideo, Uruguai
12 de agosto - Mar del Plata, Argentina
13 de agosto - Rosário, Argentina
15 de agosto - Buenos Aires, Argentina
25 de agosto - Guadalajara, México
26 de agosto - Ciudad de México, México
21 de setembro - Asunción, Paraguai
23 de setembro - Ciudad del Este, Paraguai

Serviço São Paulo

Natiruts – show de lançamento do disco Índigo Cristal em São Paulo
Data: 21 de outubro de 2017 (sábado)
Abertura da casa: 21h
Início do show: 23h30
Censura: 18 anos
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 - Barra Funda - São Paulo - SP)
Capacidade da casa para este evento: 8.000
Acesso para deficientes: sim
Ingressos: de R$ 50,00 (meia-entrada pista - lote promocional) a R$ 100,00 (entrada inteira - pista 4º lote)
Compras de ingressos:
Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h - sem taxa de conveniência).
Online pelo site Ticket360 https://goo.gl/xgibPV
Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.
Call center Ticket360: (11) 2027-0777
Objetos proibidos: Câmera fotográfica profissional ou semi profissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de audio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcóolicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.
Para mais informações, acesse www.espacodasamericas.com.br.

almasurfalmasurfalmasurfalmasurf